Padre Paulo Ricardo – Memória de Santa Mônica

Homilia do Pe. Paulo Ricardo em memória de Santa Mônica, modelo de esposa e mãe que conseguiu, com suas orações e seu bom exemplo, converter o marido pagão e seu filho, ninguém menos que Santo Agostinho.

Classificação: 0 / 5. Votos: 0.

Padre Paulo Ricardo – Memória de Santa Mônica

A Homilia Diária de número 1563 do Padre Paulo Ricardo foi feita para celebrar a memória de Santa Mônica, meditando sobre a provação e perseverança em busca de ver seu filho, Santo Agostinho, convertido.

Como poderia perder-se Santo Agostinho, filho das lágrimas santas e perseverantes de Mônica, provada por Deus na mais dura paciência? Deus poderia muito bem ter convertido Agostinho desde o início, poupando-lhe a jovem mãe de tantos sofrimentos. Mas, se o Senhor assim tivesse agido, a Igreja teria hoje um Santo Agostinho, mas não uma Santa Mônica, provada na perseverança, na oração e na esperança de ver o filho convertido à fé católica.

Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para o dia 27 de agosto de 2020, mas perfeitamente válida para esta festa de Santa Mônica, e entenda como na vida desta santa mulher se manifesta a grandeza da graça divina, dom gratuito, e a beleza do mérito dos santos, que cooperam com Deus para impetrarem dele, por orações e sacrifícios, o que Ele tanto lhes deseja dar.

Santa Mônica, Viúva (+ Óstia, Itália, 387)

Foi modelo de esposa e de mãe. Conseguiu, com suas orações e seu bom exemplo, converter o marido pagão, que lhe era infiel e tinha gênio muito difícil. Conseguiu também converter o filho, que foi adepto da heresia maniquéia e teve vida devassa, mas transformou-se depois no grande Santo Agostinho, bispo de Hipona e Doutor da Igreja.

Veja também


Adicionado em: 27 de agosto de 2022

Visualizações: 14

Duração: 06:13

Categorias: Curtos

Marcadores: , , , ,

Canal: Padre Paulo Ricardo

Publicado por: Equipe Direita Realista

Deixe um comentário