Áudio vazado pode deixar prefeito trancador em maus lençóis

Áudio vazado pode deixar Alexandre Kalil, o prefeito trancador de Belo Horizonte, em maus lençóis. Vereadores falam em impeachment.

Publicado em 22 de outubro de 2021, às 22:58, por: Equipe Direita Realista.

Áudio vazado pode deixar Alexandre Kalil, o prefeito trancador de Belo Horizonte, em maus lençóis. Vereadores falam em impeachment.

Segundo a Itatiaia, Alberto Lage, ex-chefe de gabinete mostra áudio do entusiasta de lockdown (baseado em ciência de galinheiro) sobre suposto pagamento de empresários de ônibus a defesa de ex-presidente da BHTrans.

Lage entregou à CPI da Peste Chinesa, na Câmara Municipal de Belo Horizonte, durante sessão de acareação com o ex-presidente da BHTrans, Célio Bouzada, áudios em que Kalil, apontaria que o advogado Hermes Vilchez Guerrero é ligado à defesa de Bouzada e seria pago por empresários de ônibus.

Atualização: CPI em Belo Horizonte quer prefeito trancador indiciado.

No áudio, tal prefeito teria dito: “Quando ele soube que o Hermes estava sendo consultado pelo Célio, pelo outro lá, como ele chama? Ele me ligou ‘cag…’. Ele me ligou completamente ‘cag…’. Uai, Gabriel, os caras estão se defendendo. ‘Não, você tem que falar com o Célio. Aí eu liguei pro Célio e falei: Célio, você vai entrar? Porque, ‘por…’, dei a palavra pro Gabriel aqui que você não iria entrar, que você não iria voltar lá. Ele falou ‘não, prefeito, a única coisa que eu quero é não voltar lá. Ele pode fazer o que quiser’. Agora, você tá quebrando a minha palavra, você me usa? ‘Não, prefeito, não estou, não vou entrar. Pode falar com ele. Eu estou me precavendo do que vai vir”.

Em outra gravação entregue pelo ex-chefe de gabinete, o prefeito teria afirmado que Lage não deveria depor contra o ex-presidente da BHTrans, Célio Bouzada, uma vez que empresários de ônibus poderiam pagar advogados para Célio acionar Alberto na justiça. Lage prestou depoimento na CPI da BHTrans em agosto, quando fez críticas e denúncias à gestão de Bouzada na empresa.

“O que você ganha se você for lá e esculachar? Você foi mal assessorado Vai chegar para ele: vem cá amigo, vem cá no tribunal e fala como você foi mal assessorado. E o cara tá preparando uma peça dessa desse tamanho, para pagar um milhão de reais para advogado. Aí eles rateiam lá, dá cem mil para cada um”, teria afirmado Kalil.

Em decorrência disso, cerca de 20 vereadores de Belo Horizonte, incluindo a presidente da Casa, vereadora Nely Aquino (Podemos), estão reunidos, na tarde desta quinta-feira (21), para discutir a reação da Câmara Municipal à suspeita de que os empresários de transporte coletivo pagariam a defesa do ex-presidente da BHTrans, Célio Bouzada.

No vídeo abaixo, trecho da edição de ontem (21) dOs Pingos nos Is, se passa e comenta a notícia:

Últimas notícias



Este post está arquivado em: Notícias

Marcadores: , ,

Publicado por: Equipe Direita Realista

Classificação: 0 / 5. Votos: 0.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados