Estudo indica que o uso de ivermectina causa redução de carga viral nos pacientes de Peste chinesa

Estudo científico indica que o tratamento precoce com ivermectina reduz a carga viral nos pacientes de Peste Chinesa. Trata-se de um ensaio clínico piloto, duplo-cego, controlado por placebo e randomizado.

Publicado em 14 de abril de 2021, às 16:08, por: Equipe Direita Realista.

Estudo publicado na prestigiada revista científica The Lancet, apesar de algumas derrapadas, indica que o uso de ivermectina no tratamento precoce causa redução de carga viral nos pacientes de Peste Chinesa.

O estudo, intitulado “The effect of early treatment with ivermectin on viral load, symptoms and humoral response in patients with non-severe COVID-19: A pilot, double-blind, placebo-controlled, randomized clinical trial” (algo como “O efeito do tratamento precoce com ivermectina na carga viral, sintomas e resposta humoral em pacientes com COVID-19 não grave: um ensaio clínico piloto, duplo-cego, controlado por placebo, randomizado”), saiu no dia 19 de janeiro de 2021 na Lancet, foi conduzido por Carlos Chaccour, Aina Casellas e outros cientistas e foi financiado pela ISGlobal, Barcelona Institute for Global Health e Clínica Universidad de Navarra.

Do que pudemos entender da conclusão do estudo, temos que “entre os pacientes com COVID-19 não grave e sem fatores de risco agravantes para a doença que receberam uma dose única de 400 mcg/kg de ivermectina em 72 horas após o início da febre ou tosse, não houve diferença na proporção de positivos para PCR. No entanto, houve uma redução acentuada de anosmia/hiposmia autorreferidos, uma redução da tosse e uma tendência para baixar as cargas virais e os títulos de IgG mais baixos, o que justifica avaliação em ensaios maiores”.

É engraçado como os estudos científicos são solenemente ignorados pela turminha que diz que segue a ciência.

Última notícias



Este post está arquivado em: Notícias

Marcadores: ,

Publicado por: Equipe Direita Realista

Classificação: 0 / 5. Votos: 0.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!