Trump afirma que se o Irã quiser lutar, será o fim daquele país

GD Star Rating
loading...

Trump afirma que se o Irã quiser lutar, será o fim daquele país

No dia 19 de maio, Donald Trump afirmou que se o Irã quiser lutar, será o fim daquele país. “Se o Irã quer brigar, esse será o fim oficial do Irã. Nunca mais ameace os Estados Unidos”, escreveu Trump em sua conta oficial no Twitter, em meio à crescente tensão entre os dois países.

Apesar de afirmar não querer guerra, o presidente americano diz que não permitirá que o Irã tenha armas nucleares. Trump se pronunciou após o comandante-chefe da Guarda Revolucionária do Irã – divisão das forças armadas do Irã, que em abril foi incluída pelos EUA em sua lista de grupos terroristas estrangeiros –, Hosein Salami, afirmar, no domingo, que o Irã não teme uma guerra, mas os Estados Unidos, sim.

Os Estados Unidos decidiram enviar ao Golfo Pérsico o navio de assalto anfíbio USS Arlington, mísseis Patriot, o porta-aviões USS Abraham Lincoln e bombardeiros, depois de detectar “indícios” de planos ofensivos iranianos contra suas forças no Oriente Médio. No entanto, até agora, nem a Defesa nem o Departamento de Estado revelaram quais seriam essas evidências, o que gerou ceticismo tanto entre a oposição quanto entre alguns dos principais aliados.

A partir destas declarações e o que as causaram, o canal Hoje no Mundo Militar fez considerações sobre as forças armadas iranianas e comparou uma situação hipotética entre os dois países com a Guerra do Iraque.

Veja também

Adicionado em: 1 de junho de 2019

Visualizações: 8

Duração: 07:37

Categorias: Notícias

Tags: ,

Canal: Hoje no Mundo Militar

GD Star Rating
loading...


Link:

Direita Realista no Telegram

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados