Você sabe mais que o público?

Você sabe mais que o público? Esta é a pergunta que o texto “Do you know more than the American public? Take my depressing quiz”, do Tom Woods, e que resolvemos traduzir e transformar neste pequeno artigo.

O texto mostra como a percepção do público comum diante das atividades econômicas exercidas por empresas é gravemente míope e que, embora isso não seja algo condenável em si, não impede as pessoas de tentarem impor os seus pontos de vistas a estas atividades.


No seu blog Carpe Diem, o economista Mark Perry está divulgando o resultado de uma pesquisa interessante. A uma amostra do público americano recebeu a seguinte pergunta:

“Se você fosse adivinhar, qual seria a porcentagem de lucro por cada dólar vendido que as empresas tem, em média, depois da incidência de impostos?”

Sem olhar abaixo, qual seria o seu palpite?

Eu vou te contar qual foi a resposta, em média: 36%.

Incidentalmente, isto é bem próximo dos resultados encontrados nas pesquisas anteriores, então eu não notei nenhuma anomalia.

De acordo com a base de dados da NYU Stern, atualizada neste mesmo mês e apresentando dados de mais de 7000 empresas americanas, a resposta é 7,9% para todas as firmas e 6,9%, se nós excluirmos as finanças.*

Para o Walmart, a conta é 2.1%.

Você acha que a visão distorcida da realidade do público tem um pouco a ver com o fato de eles pensarem que justo impor cada vez mais fardos para as empresas, as quais as pessoas acreditam que possuem recursos virtualmente inesgotáveis?

Talvez é uma boa hora para recordar da sabedoria de Murray Rothbard:

“Não é crime ser ignorante em economia, que é afinal uma disciplina especializada e que a maioria das pessoas consideram ser uma ‘ciência sombria’, mas é totalmente irresponsável ter uma opinião forte e vociferante sobre temas econômicos enquanto se permanece neste estado de ignorância.”

*Nota da tradução: No Brasil, como a carga tributária é diferente, estes números devem variar.

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados

Newsletter

Assine a nossa newsletter e faça parte dos nossos assinantes!