Passo Fundo se torna núcleo de islamização

GD Star Rating
loading...

Passo Fundo se torna núcleo de islamização

Neste vídeo, Francisco Amado, editor da Revista Calibre, comenta como Passo Fundo, município brasileiro localizado no interior do estado do Rio Grande do Sul, se tornou um núcleo de islamização centrando-se na indústria “halal”, que discrimina trabalhadores segundo sua religião.

Segundo o exposto no vídeo, o Brasil vem recendo a sua leva de imigrantes e refugiados oriundos do oeste da África. Os muçulmanos são atraídos, dentre outros motivos, pela expansão veloz da “indústria halal” que impõe o abate de aves e bovinos seguindo o rito islâmico, no qual apenas muçulmanos podem fazer o abate, e, a rigor, manipular o processo. Esta expansão é apoiada por grandes grupos econômicos ligados ao mercado muçulmano internacional.

Uma reportagem versa sobre a importância do abate “halal” no processo de islamização, e como nós acabamos alterando nosso padrão de comportamento, e não o contrário. A segunda reportagem mostra com bastante clareza como uma sociedade pluralista, como a brasileira, pode ser facilmente manobrada para acomodar uma ideologia monocultural (o islamismo).

Segundo consta, existe um número estimado de 750 senegaleses vivendo em Passo Fundo e arredores, incluindo as cidades de Marau, Carazinho e Tapejara, todas dentro de um raio de 60 quilômetros. Esta é a segunda maior concentração de senegaleses neste estado, que começaram a chegar a partir de 2008, aparentemente como refugiados econômicos, pois muitos remetem dinheiro para as suas famílias no Senegal.

A emissora de TV da Universidade de Passo Fundo (UPF TV) entrevistou João Carlos Tedesco, professor de História da UPF, e que se especializou no fluxo migratório senegalês para o Brasil. Ele diz que a demanda deste contingente migratório é gerada pelos interesses de grandes grupos econômicos ligados aos países islâmicos e o mercado muçulmano. Estes senegaleses são levados a trabalharem em um dos 10 frigoríficos, adaptados para o abate “halal” de aves.

A reportagem mostra, então, o trabalho dentro de um frigorífico. Um total de 18% dos empregados no frigorífico são muçulmanos e 17% da produção de aves abatidas é voltada para a exportação para países islâmicos. O mais interessante foi a entrevista com uma funcionária que disse que “com o pessoal do Senegal nós temos que nos adaptar a uma forma totalmente diferente, a uma cultura diferente. São pessoas diferentes, uma língua diferente. A gente tem que tentar se adaptar com eles da melhor forma possível”.

Veja também

Adicionado em: 30 de outubro de 2019

Visualizações: 1337

Duração: 07:00

Categorias: Comentários, Notícias

Tags:

Canal: Francisco Amado

GD Star Rating
loading...


Link:

Direita Realista no Telegram

4 comentários para “Passo Fundo se torna núcleo de islamização”

  1. jose valdemir da silva disse:

    Eu sou cristão, e afirmo que fora do Senhor Jesus não há salvação, na Bíblia no livro de Gálatas 1:8 e 9 afirma que os muçulmanos estão sob maldição de YAHVEH DEUS VERDADEIRO

    GD Star Rating
    loading...
  2. Antonio Neves disse:

    tem que mandar esses embora daqui, até parece que o governo não está vendo o que ocorre na Europa, que ensinem para brasileiros como é feita o abate (o pobre animal é pendurado de cabeça para baixo, degolado e todo o sangue drenado, uma morte violenta, agonizante e brutal)… e agora o Bolsonra ainda vai nos Emirados Árabes querem cooperação com essa escória

    GD Star Rating
    loading...
  3. Sandro Molina Ruiz Dias disse:

    O Islã é a ÚNICA religião que manda os crentes (muçulmanos) a matar os não-crentes (não-muçulmanos)
    O Islã é a ÚNICA religião que manda matar os apóstatas
    O Islã é a ÚNICA religião que manda decapitar pessoas
    O Islã é a ÚNICA religião que manda apedrejar mulheres adúlteras até a morte
    O Islã é a ÚNICA religião que é contra a liberdade de expressão e críticas ao próprio islã
    O Islã é a ÚNICA religião que tem seu próprio Tribunal: o “Tribunal da Sharia”
    O Islã é a ÚNICA religião que incentiva a casar e fazer sexo com crianças a partir dos 6 ANOS de idade
    O Islã é a ÚNICA religião que exige punição das mulheres vítimas de estupro, se elas são incapazes de trazer 4 testemunhas do sexo masculino para testemunhar o estupro
    O Islã é a ÚNICA religião que é contra a democracia e os direitos humanos
    O Islã é a ÚNICA religião que permite a escravidão nos dias de hoje
    O Islã é a ÚNICA religião que possui um profeta tão violento, perigoso e bárbaro: Maomé!

    GD Star Rating
    loading...
  4. Paulo disse:

    É assim que começa, daqui a pouco estão expulsando os locais, estuprando as mulheres e crianças, impondo suas próprias leis. Essa gente é violenta e mal intencionada. Tem que dar um basta agora antes que seja tarde. Na própria reportagem a gerente diz que tem que se adaptar a eles e não o contrário. Um erro que já esta destruindo a Europa. Fora Islã.

    GD Star Rating
    loading...

Deixe um comentário

Alguns posts relacionados